Nós abaixo assinados, membros da comunidade escolar do Espaço de Educação Infantil Bárbara Ottoni vimos nos posicionar sobre a Reestruturação do Ensino na Rede Municipal da Prefeitura do Rio de Janeiro, bem como quanto aos Direitos e Deveres para com a Educação Infantil e o Desenvolvimento Humano, conforme assegura a Constituição Federal de 1988 e a Lei de Diretrizes e Bases-LDB.
O EDI Bárbara Ottoni oferece hoje uma educação que abrange todas as áreas da linguagem verbal, plástica e corporal, a partir de um sólido planejamento realizado pela Coordenação Pedagógica e pelo Centro de Estudos.
É de conhecimento público os mais variados prêmios de qualidade em educação infantil que constantemente o EDI Bárbara Ottoni vem recebendo. Podemos citar, como exemplo, os seguintes projetos contemplados: “De olho na África” em 2010, “Sou carioca de coração” em 2011, “Brincando com a história” em 2012, “Viajando pelo nordeste” em 2013 e “Rolando a bola pelo Brasil” em 2014, elevando assim o índice de eficiência da rede pública.
O projeto de reestruturação proposto pela Secretaria Municipal de Educação-SME remove do EDI Bárbara Ottoni o profissional responsável pela Coordenação Pedagógica, os profissionais P1-professores que lecionam aulas de Artes Plásticas, Educação Física e Leitura, bem como os profissionais P2-regentes de turma, muitos desses com especializações em diversas áreas da educação e mais de 30 anos de dedicação, com excelência, à Educação Infantil.
Esse projeto de reestruturação oferece somente perdas para a educação, os alunos, a sociedade, e os profissionais.