Por: Márcia Luquine*

osDoisLadosdamoedaOntem (10/09) vi muitos amigos que mais uma vez defenderam a continuidade da greve e concordo PLENAMENTE com TODOS os seus argumentos.
Tínhamos, porém, outras pessoas extremamente fragilizadas. Eu vi gente tremendo na reunião da regional (assembleia da Regional VIII), passando mal, tomando calmante, tudo isso por conta da guerra de nervos que é uma greve. Vi também um pequenino avanço nas negociações, um pequeno aceno.
Tem gente que chama os que defendem a continuidade da greve de radicais. Bom, eu estou cansada, mas sou acostumada com greves (estado) e com esse negócio de ir para as ruas (já faço isso há tempos). Ameaças do governo? DANEM-SE! Quanto mais o governo ameaça, mais razão e força me dá pra lutar!! SE isso é radicalismo, sou radical então, com muita honra! Aguento pedradas. Mas eu vi pessoas que estavam lutando sério mesmo, com muita responsabilidade, mas que chegaram ao seu limite (pra mim, tão rápido, pois greve de um mês não existe: é sempre mais do que isso, exatamente pela enrolação e intransigência comum a todos os governos). Essas pessoas, porém, estavam voltando aos poucos para a escola ANTES do término da greve – ERRO GRAVÍSSIMO, que eu desejo de coração que JAMAIS SEJA COMETIDO NOVAMENTE!!!!
Bom, mediante toda essa demanda de opiniões divergentes, ouvindo diversas falas com muita atenção até o fim (principalmente as falas de quem defendia a suspensão) e vendo um pequeno aceno por parte do governo na última sexta, eu mesma ontem e anteontem na regional votei pela 1ª vez na suspensão da greve.
Vi a felicidade estampada no rosto daqueles que estavam já há algumas votações votando por isso. Conheço alguns de perto! Estiveram sempre conosco, acatando a decisão da maioria!!! Guerreiros mesmo! Fiéis!!! Lutaram muito, mas queriam e precisavam de fôlego. Eles sentiram um alívio enorme ao ganharem a votação. Eu senti um baita aperto no coração pensando tudo ao mesmo tempo…
Mas vamos ver… ou uma ou outra opção poderiam ter sido um tiro no pé, se de fato levarmos em consideração todas as múltiplas expectativas de quem compõe a greve. Agora é prosseguir assim…
Erros todos cometemos. Acertos também. Vamos ver daqui pra frente como ficará a luta. EU PERMANECEREI NA LUTA ATÉ O FIM, respeitando o processo democrático!!! E sei que não estarei sozinha!!!!!!!! Vamos prosseguir, amigos!!! Se a estratégia agora é outra, vamos todos, UNIDOS!
Não cabem mais acusações ou ofensas. Temos coisas muito mais importantes para fazer enquanto profissionais da educação.

Já escrevi e não me canso de repetir:

Ser sensato não significa defender a ideia A ou B.
Ser sensato significa tão somente entender de uma vez por todas que só há UM JEITO de alcançarmos nossas reivindicações:
é tirarmos “o cada um por si” e substituirmos pelo “UM POR TODOS E TODOS POR UM.”
Porque uma coisa é certa: Paes é contra todos!!!

(*) Texto publicado pela autora na página da Regional III, no FACEBOOK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s